Novembro Azul e a saúde do homem: o que é o câncer de próstata?

Postado em 01/11/2019



Novembro é o mês de conscientização sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata. No Brasil, segundo o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca), a doença é a segunda maior causa de morte entre os homens, com mais de 14 mil óbitos por ano. 

Os casos têm maior índice em homens com mais de 40 anos e com ocorrências anteriores no meio familiar. No Brasil, a cada dez homens diagnosticados com câncer de próstata, nove têm mais de 55 anos. Estudos recentes também mostram que há maior risco em homens com peso corporal mais elevado.

 

O que é a próstata?

A próstata é uma glândula presente apenas nos homens, localizada na frente do reto, abaixo da bexiga, envolvendo a parte superior da uretra (canal por onde passa a urina). A próstata não é responsável pela ereção nem pelo orgasmo. Sua função é produzir um líquido que compõe parte do sêmen, que nutre e protege os espermatozoides.

 

Sintomas do câncer de próstata

A Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) recomenda que não se espere pela aparição dos sintomas, pois, na maioria dos casos, o câncer tem crescimento lento e silencioso, e quando os sintomas começarem a surgir, significa que as chances de cura estão desaparecendo. Entre os sintomas, os pacientes se queixam de dificuldades para urinar, diminuição no jato da urina, necessidade de urinar várias vezes durante o dia ou à noite, e urina contendo sangue.

 

Como prevenir o câncer de próstata?

Já está comprovado que uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais, e com menos gordura, principalmente as de origem animal, ajuda a diminuir o risco de câncer, como também outras doenças crônicas não transmissíveis. Para a prevenção, também é recomendado praticar atividades físicas, manter um peso corporal adequado, evitar o tabagismo e o consumo de bebidas alcoólicas.

 

Qual o tratamento para o câncer de próstata?

Após o diagnóstico e o estadiamento da doença, o médico discutirá com o paciente as opções de tratamento. Dependendo do estágio da doença e de outros fatores, as principais opções de tratamento para homens com câncer de próstata podem incluir conduta expectante, cirurgia, radioterapia, criocirurgia, hormonioterapia, quimioterapia e vacinas. Esses tratamentos são geralmente realizados separadamente, embora, em alguns casos, eles possam ser combinados.
 

Quando localizado apenas na próstata, o câncer pode ser tratado com cirurgia oncológica, radioterapia e até mesmo observação vigilante, em alguns casos especiais. No caso de metástase, ou seja, se o câncer da próstata tiver se espalhado para outros órgãos, a radioterapia é utilizada junto com tratamento hormonal, além de tratamentos paliativos. Todas as modalidades de tratamento são oferecidas, de forma integral e gratuita, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Embora seja uma doença corriqueira, por insegurança, medo ou desconhecimento do assunto, muitos homens preferem não falar sobre ele, mas a SBU faz um alerta para a doença e para a importância de procurar um médico para uma avaliação individualizada.

 

Fonte: oncoguia.org.brsaude.gov.brbvsms.saude.gov.brblogs.ne10.uol.com.br