A alfabetização é o passo principal para uma nova visão de mundo

Postado em 11/09/2019



Nos últimos anos, os brasileiros puderam acompanhar uma evolução positiva no número de pessoas alfabetizadas. Porém o cenário ainda está um pouco distante de ser o ideal. O número de pessoas que são analfabetas ainda assusta, e elas estão vivendo às margens da sociedade e ficando excluídas de oportunidades de trabalho e crescimento pessoal. Como foi comemorado no último 8 de setembro o Dia Mundial da Alfabetização, nada melhor do que colocar esse assunto em pauta e refletir sobre suas questões mais importantes.
 

O que a leitura nos proporciona
 

Ler é parte importante do que nos torna cidadãos, é aquilo que nos torna aptos a entender e disseminar informações. Além disso, a escrita e a leitura são ferramentas poderosas de comunicação. Por meio desse conhecimento, conseguimos aproveitar grandes oportunidades de trabalho.
 

Quem é Emilia Ferreiro?
 

Emilia Ferreiro é uma psicóloga e pedagoga argentina que dedicou a sua carreira ao estudo e detalhamento dos processos de aprendizado da leitura e escrita das crianças. Seus estudos ajudaram a transformar a forma como as pessoas aprendem a ler e escrever. Sua própria jornada de estudos foi uma experiência enriquecedora. Ela foi orientada em seu doutorado por Jean Piaget.
 

Sua história foi tão revolucionária que hoje quase não usamos mais cartilhas de alfabetização. Muitas escolas escolhem usar livros, textos da atualidade, histórias, jornais e revistas para a efetivação do aprendizado, método defendido energicamente por Emilia. Sua influência passou a ser mais forte no Brasil a partir dos anos 1980.
 

Fases da alfabetização
 

O trabalho de Emilia foi um marco na história da alfabetização. A partir de seus estudos, os processos de aprendizado da leitura e escrita passaram a ser descritos em fases. Conheça-as:
 

•    Pré-silábica: não consegue relacionar as letras com os sons da língua falada.
•    Silábica: interpreta as letras a sua maneira, atribuindo valor de sílaba a cada uma.
•    Silábico-alfabética: mistura lógica da fase anterior com a identificação de algumas sílabas.
•    Alfabética: domina, enfim, o valor das letras e sílabas.

O desenvolvimento infantil e a qualificação dos profissionais da área

 

Para lidar com os desafios no ambiente escolar e em todos os processos de aprendizagem, é preciso que o mercado tenha profissionais amplamente qualificados. Pensando em contribuir para o avanço no setor da Educação, a São Camilo oferece cursos de especialização que podem ajudar a mudar a vida desses profissionais e promovem mudanças nos processos educacionais por meio do conhecimento específico.
 

Oferecemos a Pós EAD em Alfabetização e Letramento, que tem como objetivo fornecer instrumental teórico-prático para que o professor da Educação Infantil e das séries iniciais tenha condições de organizar estratégias adequadas aos alunos, viabilizando uma construção de conhecimento pela vivência e experiência e favorecendo o processo de letramento e alfabetização nos primeiros anos de ensino.
 

Nosso curso de Pós-Graduação EAD em Neuroeducação é uma modalidade bastante abrangente e atual, que aborda aspectos fisiológicos e patológicos do indivíduo em relação à aprendizagem. Associa neurociência, psicologia e educação a fim de entender os processos cognitivos fisiológicos e patológicos em quaisquer etapas da vida, compreender os mecanismos intrínsecos da aprendizagem e encontrar meios para facilitá-la.
 

Conheça nossos cursos:
 

Pós-Graduação a Distância em Neuroeducação: https://bit.ly/2lEmYkW
Pós-Graduação a Distância em Alfabetização e Letramento: https://bit.ly/2lFQJ4I

 

(fonte: https://www.atividadeseducacaoinfantil.com.br/alfabeto-e-palavras/etapas-alfabetizacao/)