A atuação da vigilância sanitária e qualidade de alimentos na pandemia de Covid-19

Postado em 18/09/2020



O conhecimento em Vigilância Sanitária e Qualidade de Alimentos é de suma importância para a produção de alimentos e para a diminuição e a prevenção  de riscos à saúde da população, principalmente neste momento que estamos vivendo.
 
Em março deste ano, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, e, a partir disso, as autoridades de saúde do mundo inteiro se mobilizaram para estabelecer parâmetros e medidas para conter a propagação do vírus

A importância da Vigilância Sanitária e Qualidade de Alimentos 

Nesse cenário, a Vigilância Sanitária e Qualidade de Alimentos estão se mostrando peças-chave para enfrentar a pandemia, mesmo com os desafios impostos por essa nova situação. Entre as dificuldades enfrentadas pela área estão:
 
 • assegurar que os alimentos cheguem com segurança para a população;
 • garantir que não ocorra desabastecimento;
 • disseminar informações verdadeiras sobre a qualidade de alimentos;
 • ajudar a mitigar a propagação e o risco de contágio pelo coronavírus.
 
O controle sanitário de alimentos, nesse contexto, é de suma importância para que consigamos driblar esses desafios durante o enfrentamento da Covid-19 nas mais diversas frentes de atuação, como, por exemplo, na vistoria e fiscalização das empresas do setor de alimentos, nas recomendações sobre as boas práticas de fabricação e manipulação de alimentos e na disseminação de informações verdadeiras de interesse público.

Quais as principais medidas tomadas pela Vigilância Sanitária e Qualidade de Alimentos durante a pandemia?

Para contornar essas problemáticas, as autoridades que tratam do controle sanitário de alimentos, como a Anvisa e a OMS, providenciaram
por alimentos e, ainda, como evitá-la.
 
Dois exemplos de documentos que foram publicados pela Anvisa neste momento de pandemia foram as seguintes notas técnicas: 
 
 
Tais documentos auxiliam as empresas a apresentar produtos de qualidade aos consumidores, seguindo as recomendações específicas para a Covid-19.

Especialização em Vigilância Sanitária e Qualidade de Alimentos

Percebemos o mercado da alimentação crescendo nos últimos 10 anos. Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (Abia), em 2019, o faturamento da indústria brasileira de alimentos teve um aumento de 6,7%, alcançando R$ 699,9 bilhões. Além disso, nesse complicado período de enfrentamento da Covid-19, fica evidenciada a necessidade de profissionais qualificados e preparados para atuar na área de controle sanitário dos alimentos.
 
Por isso, os profissionais devem reciclar seus conhecimentos de tempos em tempos, para que, assim, estejam atualizados com as novidades do mercado alimentício. Um bom caminho a seguir é a realização de um curso de Pós EAD em Vigilância Sanitária e Qualidade de Alimentos.
 
Neste curso de pós a distância, são abordados assuntos como: legislações sanitárias, ferramentas na gestão da segurança de alimentos, análises microbiológicas e suas interpretações,  importância da rotulagem de alimentos para a segurança alimentar, entre outros assuntos.
 
Então, se o seu objetivo é ser um profissional efetivamente preparado para trabalhar no mercado de alimentos, seja nas indústrias de alimentos, em serviços de alimentação ou em empresas de distribuição de alimentos, invista em uma Pós EAD em Vigilância Sanitária e Qualidade de Alimentos.