Pós EAD em Fisiologia do exercício e prescrição do exercício

Foto do curso Fisiologia do Exercício e Prescrição do Exercício

O exercício e a atividade física vêm sendo cada vez mais confirmados como estímulos capazes de evitar os processos deletérios decorrentes das várias doenças crônico degenerativas. Tal fato torna-se ainda mais relevando diante da crescente constatação que abordagens farmacológicas são extremamente caras e proporcionalmente não apresentam o retorno esperado, tornando sua relação custo-benefício pouco interessante.

Trabalhar com a prescrição do exercício/atividade física, porém, não é tão fácil quanto parece. A cada dia mais e mais estratégias são desenvolvidas e os estudos em Fisiologia do Exercício demonstram cada vez mais que determinados tipos de atividade são mais adequados para determinados tipos de patologias. Mesmo que se leve em consideração os indivíduos que não apresentam problemas de saúde a simples manutenção do que se considera aptidão física exige uma enorme quantidade de conhecimentos específicos. Tais informações demonstram aquilo que muitos insistem em não perceber, a prescrição do exercício físico e/ou atividade física exige um grau cada vez mais crescente de especialização. Outrora essa exigência era privilégio dos profissionais envolvidos no esporte de alto nível onde todos os parâmetros fisiológicos devem ser conhecidos “a fundo” para que se possa atingir limites superiores de desempenho. Com isto, a Fisiologia do Exercício deixou de ser um campo restrito à uma parcela ínfima da população e seu campo de ação expandiu-se para todas as áreas de atuação do profissional de Educação Física. Além disso outros profissionais como o fisioterapeuta, o nutricionista, o médico com especialização em medicina esportiva, endocrinologia e cardiologia passaram a ter necessidade de conhecer como o exercício interfere na fisiologia humana pelo fato de seus clientes também utilizam o exercício físico como forma de tratamento. Essa tendência vem sendo assimilada pelo Mercado de trabalho que passa a selecionar os profissionais mais preparados em termos do conhecimento de como o exercício modifica a fisiologia humana a fim de se obter os melhores frutos evitando simultaneamente prejuízos decorrentes da prática inadequada. Vale destacar que esse movimento em relação a Fisiologia do Exercício não ocorre apenas no Brasil tendo-se registrado recentemente a fundação da Sociedade Norte-Americana de Fisiologia do Exercício (ASEP).

Neste curso pretendemos capacitar o profissional de educação física a exercer suas atividades utilizando de técnicas e conhecimentos atualizados. Com um corpo docente formado por especialistas, mestres e doutores provenientes das instituições mais expressivas na área de educação física, o enfoque do curso será teórico com prática e inserido dentro da rotina profissional.

Com a abertura de novas instituições de ensino em educação física no Brasil, o número de profissionais cresceu exponencialmente nos últimos anos o que, pressionados pela alta competitividade do mercado, os tem pressionado a buscar cursos de reciclagem e especializações. Nossa intenção é fornecer um curso montado com carga horária semanal. Ministrada aos sábados e domingos ou durante a semana, de acordo com disponibilidade do aluno o que possibilitara manter a assiduidade no curso.

Faz-se necessário fornecer ao profissional de educação física um curso que o gabarite a trabalhar com o que há de mais atual na área, devido à progressão do conhecimento anatomo e fisio-patológico de muitas das doenças que acometem as populações humanas, assim como as técnicas para diagnosticar avaliar e prescrever tratamentos com base na atividade física. Além disso, os alunos serão capacitados a fornecer um serviço de maior qualidade obedecendo técnicas atuais de linguagem acadêmica e profissional. Também com a entrada no mercado brasileiro de novos produtos alimentares e suplementos nutricionais e dietéticos, é necessário colocar o profissional de educação física além de outros profissionais atualizados de suas indicações e uso.

 

Objetivos:

- Estimular a conscientização do profissional, através de sua atuação técnico-pedagógica no contexto social, fundamentado em uma melhor qualidade técnico-científica na área de Fisiologia do Exercício, no sentido de prepará-lo para atuar com mais segurança e melhor padrão profissional, tanto no atendimento direto ao cliente, quanto em instituições de ensino, lecionando e/ou fomentando a produção científica através da pesquisa

-  Proporcionar condições para que o professor desenvolva mais ainda a capacidade de observação, questionamento, seleção, planejamento, análise científica do ensino das atividades relacionada à Fisiologia do Exercício.

-  Instrumentalizar o professor na elaboração de pesquisa na área de Fisiologia do Exercício.

-  Proporcionar uma ampla abordagem para que o Pós-Graduando tenha condições de adaptar a temática estudada à sua realidade de trabalho.

 

A quem se destina:  Graduados em Educação Física, Fisioterapia, Nutrição e Medicina


Carga horária: 360h.

Duração: Aproximadamente 12 meses.

100% online, sem encontro presencial.

- 3 encontros mensais ao vivo, aos sábados das 8h às 18h (com intervalos);
- Material complementar de estudos (artigos científicos ou cases);
- Avaliação: Testes ou atividades propostas pelo professor;
- As aulas ficarão gravadas e disponíveis na plataforma do aluno.

 

MATRIZ CURRICULAR: 

-  ÉTICA EMPRESARIAL E RESPONSABILIDADE SOCIAL

Conceito de ética e sua influência nas organizações. Conceito, de responsabilidade social e as áreas de ação e suas conseqüências na empresa. O perfil de uma empresa eticamente responsável e comprometida com a melhoria da qualidade de vida dos colaboradores e da sociedade. A empresa cidadã. Responsabilidade social aplicada aos stakeholders da empresa. Os códigos de ética. Conceito de Qualidade de Vida. OS pilares da qualidade de vida. A qualidade de vida nas empresas.

-  DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR

O professor do ensino superior e a legislação; A relação professor-aluno e a construção da afetividade no processo de ensino aprendizagem; Planejar as aulas; Exemplo de plano de ensino; Procedimentos de ensino; Apresentação do grupo; Apresentação de idéias; Aula expositiva; Debate Ensino com pesquisa; Estudo de caso; Estudo dirigido; Seminário; Grupo de verbalização e grupo de observação (GVGO); Grupos de oposição; Avaliar a aprendizagem do aluno.

-  EMPREENDEDORISMO E SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL

Conceito e características de empreendedorismo e do empreendedor Identificando as oportunidades e desenvolvendo um plano de negócios para a viabilização das ideias. Conceito e definição de sustentabilidade, propostas globais e soluções locais. Empreendedorismo e sustentabilidade impulsionando a economia.

-  FISIOLOGIA BÁSICA APLICADA AO EXERCÍCIO

Sistema de transferência de energia no exercício; interações metabólicas nos exercícios de força e endurance; liberação energética dos carboidratos em reações aeróbias e anaeróbias, controle do metabolismo do carboidrato no músculo; liberação energética dos lipídios de armazenamento e mobilização oxidativa dos ácidos graxos, controle do metabolismo de ácidos graxos no tecido adiposo; transporte de glicose e transportadores de glicose no músculo esquelético; proteínas ligantes de ácidos graxos e metabolismo lipídico no músculo; transporte e metabolismo de aminoácidos no músculo esquelético; regulação bioquímica da interação carboidrato e lipídio no músculo esquelético durante o exercício; metabolismo energético das fibras musculares e bases metabólicas da fadiga em humanos; análise das principias drogas existentes no mercado, mitos e verdades; utilização de esteroides para hipertrofia muscular; utilização de suplementos nutricionais com efeitos ergogênicos; radicais livres e exercícios aeróbios – sistema pró e antioxidante; regulação neuroendócrina e ritmos circadianos dos hormônios relacionados aos exercícios aeróbios e anaeróbios; avaliação do consumo alimentar, técnicas de inquérito dietético adequado ao atleta e ao praticante de atividade física. Utilização da informática fundamental à prática do exercício físico; provas bioquímicas com interpretação dos resultados e suplementação nutricional de acordo com o cronobiologia dos nutrientes. Estrutura e função de uma célula; organelas que compõem uma célula; as estruturas e funções dessas organelas; mecanismo de síntese protética; tipos celulares do corpo humano; tipos de tecidos do corpo humano; a interação entre os diversos tipos celulares que compõem os tecidos, os órgãos, os sistemas fisiológicos e o corpo humano; como a atividade física interfere na célula.

-  FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO APLICADA AO TREINAMENTO                        

Necessidades fisiológicas e basais de nutrientes e recomendações nutricionais de crianças, adolescentes, adultos e idosos; diretrizes dietéticas e planejamento das necessidades nutricionais nas diferentes fases do treinamento, pré-competição, competição e pós-competição; necessidades fisiológicas e basais de nutrientes e recomendações nutricionais em exercícios predominantemente dos sistemas metabólicos aeróbios (endurance) e anaeróbios (força); recomendações dietéticas e o balanceamento dos nutrientes para diferentes faixas etárias e fases de treinamento, competição e recuperação para as várias modalidades esportivas; Entre outros. Identificar as mensurações comuns realizadas durante um teste de esforço físico graduado; listas três critérios que indiquem o alcance do VO2 máx; estimar o VO2 máx na extrapolação da relação FC/VO2 para FC máxima ajustada à idade da pessoa; explicar o fundamento básico da utilização de corridas à distância como estimativas da função cardiorrespiratória; explicar os mecanismos de fadiga central e periférica durante o exercício; conhecer os locais de produção e dissipação de calor; explicar os efeitos do treinamento em altitude; explicar o equilíbrio hidro-eletro lítico no exercício; de realizar uma avaliação da composição corporal; realizar testes de VO2máx em esteira; realizar testes de VO2 máx em bicicletas ergométricas; realizar testes de potência anaeróbia.

- FISIOLOGIA DOS SISTEMAS APLICADA AO EXERCÍCIO                  

  A organização geral do sistema nervoso; a estrutura e a função de um nervo; a estrutura e a função do sistema nervoso autônomo; como o músculo esquelético e os nervos interagem para controlar a contração muscular; os eventos moleculares que ocorrem durante a contração do músculo esquelético; a função da unidade motora e dos tipos de fibras musculares; as diferenças neurais, contráteis e metabólicas entre as unidades motoras; as diferentes curvas de torque e de potência para diferentes velocidades de contração; as múltiplas funções do fuso neuromuscular; as mudanças de proporção do tipo de fibra muscular depois do treinamento de endurance, de potência e de força; a definição dos termos hipertrofia, hiperplasia e atrofia; despolarização, potencial de ação e repolarização; a microestrutura do músculo esquelético; os passos que levam à contração muscular; as principais propriedades bioquímicas e mecânicas dos tipos de fibra esquelética do ser humano; a relação entre os tipos de fibra muscular e o desempenho.

 


A seleção é constituída das seguintes etapas:

1. Preenchimento de ficha de inscrição;

2. Pagamento da primeira mensalidade por meio de boleto bancário;

3. Encaminhamento da seguinte documentação para o endereço de e-mail: documentos@posead.saocamilo.br

a) histórico escolar;

b) diploma de Curso de Graduação ou demais Cursos Superiores (fotocópia autenticada) ou, em caráter excepcional e provisório, a certidão de conclusão de Curso Superior, emitida por Instituição de Ensino Superior (IES) reconhecida.

c) cópia da cédula de identidade;

d) cópia do CPF;

e) uma fotografia no tamanho 3 x 4 atual;

f) curriculum vitae resumido.