Ansiedade: saiba o que fazer para cuidar de sua saúde mental na quarentena

Postado em 02/04/2020



Você sabia que planejar seu tempo em blocos e ter o controle da rotina pode ajudar a conter a ansiedade? Quer descobrir como lidar com a ansiedade e tratar da saúde mental? Então, embarque nessa leitura!

Muitos de nós, devido às medidas de isolamento social contra a COVID-19, estamos tendo que nos adaptar numa rotina 100% em casa, aliando o home office ao estudo a distância
 
Sabemos que esse momento de confinamento pode ser um tanto quanto estressante, principalmente porque ficamos em casa confinados compulsoriamente, sem poder andar pela cidade, tomar ar num parque ou, simplesmente, sair para ver os amigos. 

Como administrar o tempo de maneira eficaz?

Essa é hora de descobrir os mistérios da organização do tempo! E pode ficar tranquilo: a organização é uma competência que pode ser aprendida e desenvolvida. Não é algo que você nasce com ou sem. 
 
7 erros ao estudar a distância
 
Aí vão 5 passos que podem te ajudar a administrar seu tempo:
 
Passo 1: Estabeleça as prioridades! E muito cuidado com isso: sempre separe o que é importante do que é urgente. Um critério que pode ajudar você nessa tarefa é: observar as datas de entrega, o grau de dificuldade e quanto tempo você levará para finalizar.
Passo 2: Conte com listas, planilhas ou aplicativos para organizar suas tarefas! Faça isso do jeito que melhor se adaptar ao seu modo de se encontrar na própria bagunça.
Passo 3: Tenha o controle de toda a sua agenda! Saiba os horários de todos os seus compromissos para, assim, planejar seu dia com base nessas informações.
Passo 4: Vá com calma! Cumpra uma tarefa de cada vez, com a perícia que cada uma delas exige, e evite pensar no todo. Suba um degrau de cada vez.
Passo 5: Esvazie sua mente de vez em quando! Ao final de cada tarefa, vá dar uma volta, respire, tome um café, enfim, se dê um momentinho de descanso, para desligar a chave do que foi feito e ligar a chave do que tem de ser feito a seguir.
 
Além dessas dicas de administração do tempo, pensando nesse momento delicado, para todas as pessoas, preparamos algumas dicas de como controlar a ansiedade:

#1 Procure a ajuda de um profissional

Acho que a dica fundamental para tratar da ansiedade é recorrer a um profissional da área da Psicologia ou Psiquiatria, isso porque são eles as autoridades no assunto e os únicos que podem discernir o grau de ansiedade e como fazer para minimizar os sintomas.
 
Então, não hesite em procurar a ajuda de um profissional! Em tempos de isolamento social, existem até algumas iniciativas de profissionais que fazem o atendimento de maneira online.

#2 Busque informações…

… de fontes confiáveis, sempre! 
 
Seja para saber mais sobre quais os sintomas da ansiedade e como ela começa, ou, ainda, como tratá-la. Veja informações de qualidade.
 
Procure acessar conteúdos de fontes confiáveis e de profissionais certificados para isso. Evite ao máximo garimpar informações que aparecem nas suas redes sociais, porque são ambientes que ajudam a proliferar muitas fake news.
 
Se você sentir que está sobrecarregado de informações e não está conseguindo lidar com elas, afaste-se das redes sociais e dos noticiários. Além disso, ao realizar as tarefas diárias, evite olhar as notificações do seu celular e foque naquele momento e naquela tarefa.

#3 Utilize a tecnologia de forma positiva

O termo “isolamento social” se refere somente a um isolamento físico. Você pode – e deve! – ter contato com as pessoas de fora, que você ama e que lhe fazem bem. Utilize as plataformas disponíveis para falar com sua família, com um amigo querido e com seus colegas de trabalho ou de estudos. 
 
Cultive o relacionamento com essas pessoas queridas no dia a dia de quarentena, elas podem ajudar você a passar por esse momento, assim como você pode ajudá-las e transmitir conforto e alento. 
 

#4 Utilize seu tempo livre para fazer aquilo que você gosta

Não se culpe por não ser produtivo 100% do tempo. Às vezes, o ócio improdutivo é uma maneira leve de driblar a ansiedade.
 
Ouça suas músicas, pinte um quadro, escreva poesia, dance ou, simplesmente, fique um tempo olhando para o teto... Esses momentos de descontração podem ajudar a acalmar seu corpo e sua mente, e podem ser momentos de reflexão importantíssimos para entender o contexto atual.

#5 Saiba que você fez tudo o que pode

Quando olhamos para nós mesmos com calma, respeito e empatia, e tomamos ciência de que fizemos o melhor com aquilo que tínhamos, isso também é um jeito de falar para a ansiedade: dá um tempo!
 
Isso significa aceitar esse momento e aceitar que, apesar de tudo, você está se esforçando ao máximo para lidar com a situação da melhor maneira possível. Portanto, tenha em mente que aquilo foi o melhor possível, para, depois, mudar o que precisa ser mudado.
 
A verdade é que, nesse momento, temos que nos cuidar e, se possível, cuidar do próximo. Com esse isolamento social, todo mundo vai perder algo; a diferença é que uns sofrerão mais e outros, menos. Por isso, devemos estar vigilantes de modo a amenizar a ansiedade.
 
Essas foram algumas dicas para que você consiga se sentir menos ansioso nos dias de quarentena. Contudo, não hesite em sempre procurar por ajuda profissional. Essa é a maior medida protetiva que existe quando se trata de saúde mental.
 
 

Compartilhe essa notícia