Museu Virtual: Veja 10 museus para visitar sem sair de casa

Postado em 21/05/2020



Este período de quarentena, com as medidas de isolamento social para evitar a aceleração do contágio do novo coronavírus, ocasionou o fechamento de teatros, cinemas, museus e centros culturais, para evitar aglomerações. Porém, alguns museus e casas de cultura, por exemplo, possibilitam visitas virtuais, experiências interativas por meio da internet. 

Confira 10 museus virtuais ao redor do mundo, que podem ser visitados de casa:

MASP (Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand)

MASP_ Por Sergio Souza
 
Se você, assim como nós, está com saudade do museu, projetado por Lina Bo Bardi, e que marca o coração da Avenida Paulista, saiba que você pode ter acesso ao acervo virtual do seu sofá. A iniciativa #maspemcasa traz diversos conteúdos digitais, no Instagram oficional do museu, com lives, #tbs, e entre outros.
Você encontra no aplicativo MASP Áudios, disponível na App Store e no Google Play, as obras expostas no Acervo em Transformação comentadas por curadores, artistas, professores, pesquisadores e crianças. 
 

MIS (Museu da Imagem e do Som)

O Museu da Imagem e do Som, também localizado em São Paulo, disponibiliza o acervo online, com acesso a conteúdos de fotografia, áudio e vídeo. Além disso, para aqueles com saudade de um cinema com bate-papo, o #MISemCASA proporciona sessões com uma boa coversa depois, você encontra a programação no site do museu.
 

Museu Oscar Niemeyer

MON_Photo by Cassiano Psomas
 
Este museu, localizado em Curitiba e projetado por um dos nomes mais reconhecidos da arquitetura brasileira, é dedicado à memória e conservação de um acervo de mais de sete mil obras. Você pode visitá-lo por meio do Google Arts & Culture, com exposições online.
 

Art Institute of Chicago

O museu de artes situado em Chicago, Illinois, conta com um acervo muito vasto, marcado principalmente por obras impressionistas. A boa notícia é que as obras podem ser visitadas virtualmente, inclusive algumas peças contam ações interativas e audioguias. 
 

Museu d’Orsay

Museu d’Orsay_ Photo by Armand Khoury
 
Este é um museu francês, localizado em Paris, com um acervo de obras de arte ocidental, principalmente do século XIX, disponível também no Google Arts & Culture
 

La Casa Azul - Museu Frida Kahlo

Situado em Colonia del Carmen de Coyoacán, Cidade do México, esta é uma casa-museu dedicada a conservar a memória da vida e obra da artista mexicana Frida Kahlo. Você pode visitar as peças expostas, e até mesmo, fazer um tour virtual pela casa por meio do site oficial do museu
 

Pinacoteca do Estado de São Paulo

Pinacoteca_ Photo by Monique Carrati
 
O antigo Liceu de Artes e Ofícios, projetado no final do século XIX, é hoje conhecido como Pinacoteca, e também pode ser visitado a distância. Além do acervo, já disponibilizado, você pode acessar também o tour virtual, uma seleção de vídeos da Pinacoteca, jogos educativos e, também, participar da interações promovidas pelo Instagram. 
 

Metropolitan Museum of Art

Conhecido como MET, este é um dos museus mais conhecidos da cidade de Nova York, e oferece uma experiência virtual completa, com vídeos imersivos de 360º de o local, e ainda, textos e fotos das obras disponíveis no museu. 
 

Museus do Vaticano

Capela Sistina_ A criação de Adão
 
Os Museus do Vaticano é um complexo de museus, com origem no século XVI, e pode ser acessado da sua sala por meio do site oficial, em que é disponibilizado tours virtuais. Lá você encontra as diversas salas, inclusive uma visão da Capela Sistina. 
 

Hermitage Museum

Este é o museu russo, situado em St. Petersburg, conhecido como Pálacio de Inverno e foi morada de czares. O acervo conta com obras de como Monet, Picasso, Renoir, Rembrandt, Matisse e entre tantos outros grandes artistas. Bem, o tour virtual está disponível no site oficial do museu, em que você pode visitar as salas de exposição de forma online.
 
 
A cultura, pode-se dizer, é feita de aglomerações, é a partir do junto que se experiencia as manifestações culturais e artísticas. Por isso, esse momento pede uma ressignificação desse junto. Hoje estamos experienciando esse junto, só que separado. 
 
Por isso, é muito importante que continuemos a valorizar nosso patrimônio cultural, que também é feito de história, e cuidado por pesquisadores, artistas, curadores formados na vasta área que compreende a arte e a cultura, que levam a vida estudando e conservando a memória, por meio dos estudos, por exemplo, em História da Arte
 
Para além disso, devemos olhar também, para artistas e casas de cultura independentes que precisam de nossa atenção, cuidado e apoio para que continuem a produzir arte e cultura, assim, poderemos zelar por nossa história.