O que faz um especialista em gestão de investimentos?

Postado em 08/01/2021



Seu objetivo é ser um gestor de investimentos de sucesso? Se quiser saber mais sobre as características dessa carreira, que está em crescimento, e como se tornar um profissional da área, este conteúdo foi escrito para você!

O que é gestão de investimentos?

Gestão de investimentos é a prática de administrar, de maneira inteligente, as aplicações no mercado financeiro de alguma empresa ou organização, seja do setor público ou privado. 

Em um cenário flutuante, dinâmico e complexo, que acompanha mudanças socioeconômicas, investir se torna uma ciência com diversas facetas e que, portanto, requer conhecimentos específicos e atualizados. 

Por isso, os gestores de investimentos são indispensáveis para potencializar os ganhos de rentabilidade, já que são esses profissionais que vão realizar, de maneira aprofundada, toda a pesquisa e gestão do dinheiro aplicado. 

Qual é o papel de um gestor de investimentos?

Como dito anteriormente, o gestor de investimentos, também conhecido como gestor de fundos ou gestor de ativos, vai ser o responsável por gerir, de maneira especializada, os investimentos de um cliente investidor.

Assim, a função do gestor de investimentos é elaborar, executar e monitorar uma carteira de investimentos, com base em metas, objetivos e parâmetros estabelecidos junto aos investidores. 

Com a ajuda de um gestor de investimentos especialista é possível investir em diversos ativos do mercado financeiro, por exemplo:

• Ações.

• Renda fixa.

• Imóveis.

• Pequenas empresas e startups.

 
Você também pode gostar de:

Áreas de atuação em Gestão de Investimentos

Como vimos, há diversas possibilidades de funções dentro da área de gerenciamento de investimentos, justamente por ser muito requisitada em diversos setores. Por isso, existem diversas possibilidades de atuação, entre elas:

• Empresas (indústria, comércio, educação): Atuação em empresas de pequeno, médio e grande porte de diversos setores, como: comércio, indústria, serviços, entre outros. A vantagem de se tornar um profissional habilitado e experiente é que toda empresa, não importa o ramo, necessita de bons profissionais na área, para gerenciar a carteira de investimentos.

• Governo municipal, estadual ou federal: Outra possibilidade de atuação é junto aos governos municipais, estaduais e federal, em cargos públicos conseguidos por meio de concursos públicos. 

• Consultoria de Gestão de Investimentos: As consultorias de gestão de investimentos podem beneficiar o crescimento de diversas organizações, oferecendo suportes especializados em desenvolvimento de uma carteira de investimentos, por exemplo, com o objetivo de auxiliar nos assuntos administrativos e gerenciais do capital investido.

• Pesquisa acadêmica: O profissional especialista em Gestão de Investimentos, graduado, com pós-graduação em andamento e experiência no mercado pode também se dedicar a ampliar o conhecimento científico da área. Esse profissional pode publicar suas pesquisas em livros, periódicos, revistas científicas e, ainda, participar de seminários e palestras, entre outros eventos acadêmicos. 

• Ensino superior: Atrelado à pesquisa acadêmica, ministrar disciplinas em cursos superiores também é uma possibilidade de carreira para gestores de investimentos. Para isso, além do diploma do curso superior, o profissional necessitará investir em pós-graduações dentro dessa área do conhecimento, lato sensu e stricto sensu.

Quanto ganha um gestor de investimentos?

Segundo o site de vagas de emprego Vagas.com, um gerente de investimentos ganha, em média, R$ 8.346,00, podendo iniciar ganhando em torno de R$ 5.800,00 e chegando até R$ 11.000,00, dependendo do nível de experiência, dos anos de atuação e da formação acadêmica. 

Como se tornar um especialista em gestão de investimentos?

Para se tornar um especialista em gestão de investimentos, o profissional precisa ter conhecimentos aprofundados e especializados em conceitos e dinâmicas que permeiam o mercado financeiro, bem como dos diversos produtos de investimentos disponíveis nesse mercado.

Por isso, o primeiro passo para se tornar um gestor de investimentos de sucesso é buscar uma graduação na área de Administração e Negócios, como Administração de Empresas, Economia ou Ciências Econômicas.

Depois, se a sua intenção é ter destaque no mercado de trabalho, a dica é: recorrer à educação continuada. Participe de workshops, cursos livres, seminários e pós-graduações.

Pós em MBA em Gestão de Investimentos

O curso de MBA em Gestão de Investimentos, uma pós-graduação EAD (a distância), tem o objetivo de introduzir os profissionais ao universo do mercado financeiro e das opções de investimento existentes. Por isso, são abordados assuntos referentes às principais ferramentas e oportunidades de investimento em renda fixa, renda variável e derivativos.

Entre os conteúdos abordados durante o curso estão:

• Economia e finanças para gestores

• Mercado de renda fixa

• Fundos de investimento e previdência

• Títulos públicos e crédito privado

• Investimentos em imóveis e fundos imobiliários

• Mercado de ações

• Contratos futuros

• Opções e operações estruturadas

Com uma carga horária de 420 horas, todas 100% online e sem encontros presenciais, com a duração de 12 meses, aproximadamente, o profissional sai preparado para atuar, em nível operacional e gerencial, no mapeamento, na análise e na operação de investimentos nos mercados financeiro e de capitais. 

Agora que já sabemos sobre a carreira em gestão de investimentos, que tal iniciar sua pós-graduação agora mesmo?
 
MBA em gestão de investimentos
 

Compartilhe essa notícia