Ergonomia: dicas para trabalhar em home office com conforto

Postado em 07/10/2020



O Brasil e o mundo vêm experienciando mudanças nas profissões. Desde o início da pandemia de Covid-19 e das medidas de isolamento, a estratégia adotada por muitas empresas para continuar funcionando em meio a esse contexto foi a adoção do home office. Mas, como adaptar o ambiente de casa para ter o conforto de um escritório?
 
Segundo estudo da Fundação Instituto de Administração (FIA), 46% das empresas adotaram o home office durante a pandemia, das quais 67% apontaram dificuldades com a implementação desse modelo. Entre os desafios mais comentados estão:
 
• Falta de familiaridade com as ferramentas de comunicação.
• Comportamento dos funcionários nos ambientes virtuais.
• Atuação da área de TI.
• Pouco suporte material para a implementação do teletrabalho, como custos com internet e telefone.
• Dificuldade na adaptação da casa em um ambiente confortável para trabalhar.
 
Segundo a Associação Nacional de Medicina do Trabalho (ANAMT), a lombalgia, popularmente conhecida por dor nas costas, é a condição que mais afasta os colaboradores do trabalho. 
 
Ainda que existam fatores biológicos que compliquem essa condição, a lombalgia ocupacional é uma doença provocada por circunstâncias do dia a dia de trabalho, que podem ser remediadas com algumas ações.

O que é preciso para a montagem de um escritório em casa?

No contexto do teletrabalho, devemos atentar para a ergonomia do nosso espaço de trabalho, de modo a prevenir o desenvolvimento de condições como a lombalgia.
 
A ergonomia é “uma disciplina científica relacionada ao entendimento das interações entre os seres humanos e outros elementos ou sistemas. É a aplicação de teorias, princípios, dados e métodos de projetos, a fim de otimizar o bem-estar humano e o desempenho global do sistema”, comenta a professora Diana Pacheco, docente do curso de Pós EAD em Fisioterapia do Trabalho e Ergonomia, da São Camilo,  em entrevista sobre Fisioterapia do Trabalho e Qualidade de Vida.
 
Veja as dicas para montar um escritório em casa, adaptando o ambiente às suas necessidades e prevenindo os problemas de saúde decorrentes do dia a dia de trabalho.

Ambiente iluminado e ventilado

Para maior conforto nas horas de trabalho, escolha um ambiente bem iluminado, sem que haja excesso nem falta de luz, e bem ventilado.

Se puder, priorize espaços calmos e com pouco ruído

Manter a concentração e a produtividade em home office pode ser mais fácil em locais calmos, sem ruído e com pouca circulação de pessoas.

Pense na disposição do mobiliário de acordo com as atividades desempenhadas

• A tela do computador/notebook deve estar na linha dos olhos, para que a cervical fique reta. 
• As articulações do joelho, quadril, cotovelos e pés devem estar em 90 graus, repousadas de maneira relaxada, para facilitar a circulação de sangue no corpo. 
• Antebraços sempre apoiados na mesa.
• Plantas dos pés devem ficar encostadas no chão ou em algum apoio, se necessário.
• A cadeira para os momentos de trabalho não é a da cozinha ou o sofá; na verdade, é aquela em que você consegue apoiar bem a coluna, com altura mínima do assento a 45 cm do chão, podendo ser regulada de acordo com seu tamanho.

Mexa-se de hora em hora

Ficar sentado por diversas horas não é um aliado para a manutenção da saúde. Por isso, levante algumas vezes ao dia, andando pela casa ou, até mesmo, realizando alguns exercícios simples de alongamento, prescritos por um profissional da saúde. 
 
Essa atitude pode prevenir, além da lombalgia, as Lesões por Esforços Repetitivos (LER) e os Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT).
 
Você também pode gostar de:
 

Compartilhe essa notícia